Tags: Obrigações |

MS INVF US Growth Fund: Equipa de investimento estável e experiente


A entidade gestora Morgan Stanley IM disponibilizou a seguinte informação acerca do fundo MS INVF US Growth Fund, classificado com o selo Blockbuster pela Funds People:

MS INVF US Growth Fund

1. Breve descrição do fundo

O MS INVF US Growth Fund procura empresas emergentes estabelecidas e de elevada qualidade com vantagens competitivas sustentáveis, fortes fluxos de caixa livres e retornos favoráveis. A abordagem do fundo é numa perspetiva de crescimento a longo prazo em vez de acontecimentos de curto prazo, com a seleção de ações informada por uma análise fundamental rigorosa.

2. Principais diferenças face a produtos semelhantes no mercado

A equipa de crescimento da MSIM oferece uma abordagem de baixa rotatividade, concentrada e ativa à seleção de ações que tenta ganhar retornos de longo prazo atrativos ao focar-se em empresas com vantagens competitivas e free cash-flow yields atuais atrativas. Acreditamos que o seguinte nos distingue dos produtos semelhantes no mercado:

  1. Equipa de investimento estável e experiente. A equipa de crescimento na Morgan Stanley Investment Management implementou a mesma filosofia e processo de investimento desde 1998 e geriu carteiras de crescimento desde 2004. O programa de compensação de incentivo de longo prazo da equipa exige que todos os investidores na equipa aloquem uma parte significativa da compensação diferida nos fundos que gerem.
  2. Enfoque de longo prazo e ênfase na qualidade. A equipa procura investir num misto de empresas de elevada qualidade emergentes e estabelecidas consideradas terem vantagens competitivas sustentáveis, e foca-se no crescimento de longo prazo em vez de acontecimentos de curto prazo. A seleção de ações é informada por uma análise fundamental rigorosa e apoiada por research de mudança disruptiva.
  3. Perspetiva única. A equipa gere estratégias ao longo do espetro de capitalização de mercado e em várias geografias.
  4. Altamente diferenciada. A equipa constrói uma carteira concentrada de empresas focadas em ideias de elevada convicção que é altamente diferenciada do benchmark, normalmente com uma baixa rotatividade.

3. Objetivos de investimento

O objetivo de investimento do fundo é valorização de capital de longo prazo.

A equipa de investimento é incentivada a ter portfolios a estarem no top quartil ou acima vs peers e ultrapassar o benchmark durante períodos contínuos de três a cinco anos.

4. Abordagem de investimento

Implementamos consistentemente análises de empresa fundamentais bottom-up como base para todas as decisões de investimento. A equipa de investimento acredita que uma forte seleção de ações é em primeiro lugar uma função de fazer investimentos a longo prazo em empresas com vantagens competitivas sustentáveis e a capacidade de redirecionar capital a taxas elevadas de retorno.

5. Restrições de investimento:

Por posição

O fundo investe principalmente em empresas de grande capitalização representadas dentro do intervalo de capitalização de mercado do Russell 1000 Growth Index.

O fundo detém normalmente 40-60 títulos; no entanto, isto não é uma restrição de matriz. O número de títulos na carteira pode estar, por vezes, fora deste intervalo, dependendo da nossa avaliação do conjunto de oportunidades.

Geográficas

Não temos restrições geográficas.

Setoriais

Não temos restrições para setores. As indústrias estão limitadas a 25%.

As ponderações de setores e indústrias são um reflexo do processo de seleção de ações.

6. Benchmark e tracking error

Benchmark:

Russell 1000 Growth Index

Tracking error:

Monitorizamos o tracking error futuro e histórico. Embora não geramos a um número específico, o tracking error relativo ao Russell 1000 Growth Index, historicamente, variou entre os 5% e os 10%. Em alturas de volatilidade extrema, o intervalo do tracking error pode ser mais elevado.

7. Número de títulos e rotatividade

O fundo detém normalmente entre 40 e 60 títulos, contudo, os intervalos não são uma restrição de matriz. O número de títulos na carteira pode estar, por vezes, fora deste intervalo, dependendo da nossa avaliação do conjunto de oportunidades.

O fundo detinha 36 títulos no dia 30 de abril 2018.

Não gerimos portfolios a uma percentagem de rotatividade anual específica. A rotatividade da carteira anual varia geralmente entre os 25-35% nos portfolios.

8. Política de risco

A gestão de risco é uma parte essencial do nosso processo de investimento. Num sentido absoluto, procuramos ter grandes ideias para vencer. O nosso horizonte temporal é de cinco anos. Tentamos evitar perda permanente, que definimos como vender uma posição com prejuízo, ao comprar negócios de elevada qualidade. Consideramos os riscos inerentes em cada posição ao nos questionarmos a nós próprios o que poderá acontecer de mal e ao avaliar os desenvolvimentos da empresa no contexto da tese de investimento. Mantemos a nossa objetividade ao referir a tese de investimento, que afirma claramente a razão de termos uma ação, e quando as circunstâncias que ocorrerem violarem a tese, vendemos, e não modificamos a tese. Gerimos portfolios que estão bem diversificados como forma de controlar o risco ao nível do portfolio.

A equipa de investimento é responsável pelo risco dentro da estratégia Growth, com a máxima responsabilidade a recair sobre o investidor líder Dennis Lynch. Nesta tarefa, a equipa é apoiada pela equipa de Análise e Risco Global independente (GRA), que utiliza ferramentas quantitativas e qualitativas para analisar o risco de investimento por área de produto. A equipa GRA realiza relatórios em profundidade para cada programa de investimento mensalmente, focando-se no tracking error, R-squared, Beta, Information Ratio, e exposições relativas e absolutas versus o benchmark. A equipa utiliza uma vasta gama de sistemas proprietários e baseados em fornecedores para realizar esta análise. A divulgação para cada estratégia de investimento está disponível para os gestores de carteiras, especialistas de produto, bem como gestão divisional e o comité de risco a nível da empresa. Embora as análises de risco sejam fornecidas mensalmente, contudo, eles têm a capacidade de realizar análises durante o próprio mês. A equipa de investimento não gere a limites específicos, e a equipa GRA não pode passar por cima de decisões de investimento feitas pela equipa.

A MSIM tem vários controlos internos para assegurar que o grupo GRA protege e acrescenta valor à empresa e aos seus participantes através da identificação, medida, monitorização e gestão do risco de investimento, da performance de investimento e risco operacional associado às atividades da empresa. A GRA também fornece consultoria e educação dentro da MSIM para melhorar a sensibilização do risco em todos os níveis. Questões de risco significativas, se for o caso, são reportadas ao Comité de Risco.

9. Política de liquidez

Embora não haja limites formais, a equipa de investimento tem em conta a liquidez antes de tomar decisões de investimento e irá avaliar e monitorizar o risco de liquidez ao limitar posições se a liquidez for um problema. Uma vez que pretendemos ser titulares de longo prazo, a liquidez de curto prazo não é uma preocupação significativa para nós.

10. Cobertura cambial

Atualmente, não fazemos a cobertura da exposição cambial.

11. Uso de derivados

A carteira pode usar derivados financeiros, incluindo opções over-the-counter e exchange traded, futuros e outros derivados, para fins de investimento para capturar oportunidades de mercado ou para uma gestão de carteiras eficiente. A carteira não investe extensivamente nem principalmente em instrumentos de derivados financeiros.

Atualmente, o portfolio tem uma pequena posição de exchange put option estrangeira, menos de dez pontos base, para cobrir contra a desvalorização da moeda chinesa.

Empresas

Notícias relacionadas