Tags: Negócio |

Morningstar muda a metodologia para o cálculo do rating de estrelas


A Morningstar mudou a metodologia para o cálculo do rating de estrelas. A entidade de análise  anunciou que, a partir de dia 31 de outubro, já náo terá em conta as comissões de subscrição para calcular o rating de estrelas. O argumento esgrimido pela Morningstar é que existem cada menos investidores que pagam uma comissão de entrada para comprar um fundo. Mesmo quando se estabelece uma comissão máxima, como no caso de muitos fundos luxemburgueses, na prática as plataformas de distribuição de fundos não costumam cobrar essa comissão.

A nível global, o impacto desta mudança será mínimo. A entidade de análise realizou cálculos comparando o rating de abril de 2016 utilizando a nova metedologia com a antiga. O resultado encontrado é o seguinte: menos de 1% dos fundos foram afectados com uma mudança de mais de uma estrela. O Rating Morningstar (o rating de estrelas Morningstar) é um rating exclusivamente quantitativo. Ou seja, baseia-se unicamente em cálculos de rentabilidade e risco passados (os cálculos efetuam-se a cada mês e baseiam-se nos dados mensais, pelo menos dos últimos três anos). Isto traduzir-se-á num determinado número de estrelas. Os 10% melhores fundos recebem cinco estrelas, os 22,5% seguintes quatro estrelas, os 35% seguintes três estrelas, os 22,5% seguintes duas estrelas e os 10% piores fundos só uma estrela.

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido