Tags: Negócio |

Morningstar lança um modelo de risco para ajudar os investidores a analisar as suas posições em ações


A Morningstar lançou o seu primeiro Modelo de Risco Global com 36 factores que abarcam as características de estilos, sectores, regiões e divisas para ajudar os investidores a entender as exposições a factores de um investimento, e a prever a futura distribuição de rentabilidades de ações individuais e carteiras de ações. O Modelo Global de Risco da Morningstar considera 36 factores diferentes que ajudam a decompor as fontes de rentabilidade e risco para uma ação ou uma carteira. Seis dos 36 factores estão baseados em ratings propriedade da Morningstar: o Quantitative Fair Value Estimate, o Morningstar Quantitative Economic Moat Rating, o Quantitative Uncertainty Rating, o Quantitative Financial Health, o Ownership Rik e o Ownership Popularity.

“A análise de riscos é fundamental para o processo de decisão de investimento. O nosso modelo utiliza factores únicos, como os dados de vantagem competitiva e de propriedade para proporcionar um filtro bastante eficaz para entender o risco de uma ação ou carteira. Além disso, a nossa metodologia de risco incorpora o tail risk, ou fenómenos extremos, entre os retornos de investimento, quando se estima a distribuição das rentabilidades futuras, em lugar de depender de uma distribuição normal”, explica Warren Miller, chefe de software de gestão de ativos na Morningstar. “Os investidores podem utilizar o modelo de risco para analisar valores e construir carteiras com o objetivo de tomar decisões de investimento mais informadas acerca dos riscos e da sua idoneidade, num nível mais específico”.

O modelo avalia mais de 40.000 ações e 10.000 carteiras de fundos de ações da base de dados da Morningstar e elabora um prognóstico global das rentabilidades futuras para diferentes horizontes temporais, com a exposição aos 36 factores como base. Além disso, o Modelo de Risco Global pode avaliar a parte das ações de uma carteira multi-ativos de um cliente. Os investidores podem avaliar ações individuais ou fundos de ações, ou fazer comparações baseadas em qualquer dos factores. A Morningstar atualiza as exposições aos factores e previsões diariamente. A empresa tem previsto expandir eventualmente o modelo de risco a outras classes de ativos.

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido