Tags: Alternativos |

Montante investido em fundos imobiliários encerra dezembro com queda de 1,6%


Os últimos meses de 2018 demonstraram uma face menos amigável para os fundos de investimento imobiliário nacionais, que registaram uma queda relativamente constante no montante sob gestão. E, tal como apontam os dados publicados pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, dezembro encerrou na mesma toada, verificando-se uma queda mensal de 126,6 milhões de euros no valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI), tendo o montante ascendido a 10.638,8 milhões de euros.

Captura_de_ecra__2019-02-01__a_s_11

Fonte: CMVM, dezembro de 2018

Do lado do montante investido nos fundos de investimento imobiliário (FII) registou-se um movimento semelhante, com o valor a cair 1,6% em comparação com o mês anterior, fixando-se nos 7.733 milhões de euros. Segundo a CMVM, o mesmo se registou e nos FUNGEPI, com o montante a cair 0,3% para os 444,7 milhões de euros. Por outro lado, no que diz respeito aos FEII, o valor ficou praticamente inalterado em 2.461,2 milhões de euros. 

Captura_de_ecra__2019-02-01__a_s_11

Captura_de_ecra__2019-02-01__a_s_11

Fonte: CMVM, dezembro de 2018

Entradas e saídas no mercado nacional de fundos imobiliários

O último mês de 2018 ficou ainda marcado pela constituição de quatro sociedades especiais de investimento imobiliário de capital fixo. Assim, e com a gestão a cargo da LYNX Asset Managers, surgiu a Imopatrimónio – SICAFI, SA. As restantes três são da responsabilidade da Interfundos, a Multi 24 – Sociedade Especial de Investimento Imobiliário de Capital Fixo, SICAFI, SA; a Monumental Residence - Sociedade Especial de Investimento Imobiliário de Capital Fixo, SICAFI, SA; e a Adelphi Gere - Sociedade Especial de Investimento Imobiliário de Capital Fixo, SICAFI, SA.

Não obstante, estes não foram os únicos movimentos registados em dezembro, tendo sido liquidados três fundos especiais de investimento imobiliário: o Património - Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado e o MR - Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado, ambos geridos pela Interfundos, e o Orey CS - Fundo Especial de Investimento Imobiliário Fechado, gerido pela Orey Financial. Para além destes, foi ainda liquidado o fundo de investimento imobiliário NB Reconversão Urbana - Fundo de Investimento Imobiliário Fechado, gerido pela GNB.

Outro dos destaques em dezembro foi a alteração da denominação do fundo imobiliário Bonança I - Fundo de Investimento Imobiliário Fechado, da responsabilidade da Fidelidade, para IMOFID - Fundo de Investimento Imobiliário Fechado.

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente