Tags: Negócio |

Montante global sob gestão em OICVM estrangeiros cresceu mais de 2% no último trimestre


O relatório trimestral de gestão de ativos publicado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários revela que o montante global sob gestão em Organismos de Investimento Colectivo em Valores Mobiliários estrangeiros registou um crescimento de 2,5% no primeiro trimestre deste ano, fixando-se nos 4.212,1 milhões de euros. Já comparativamente com o trimestre homólogo, o aumento foi de 28,1%. O número de OICVM estrangeiros comercializados, tal como o número de entidades comercializadoras, decresceu no período em análise – existem agora 15 entidades comercializadoras destes veículos de investimento, e um total de 129 OICVM. A entidade excluída do conjunto foi o Banco Popular, que foi recentemente adquirido pelo Grupo Santander. 

Captura_de_ecra__2018-05-04__a_s_10

Fonte: CMVM, março de 2018

A entidade que maior quota de mercado apresenta é o Deutsche Bank AG, com 33,3%, resultante de um volume de ativos comercializado de cerca de 1.402,1 milhões de euros. Imediatamente a seguir surgem o Bankinter com 16,3% (volume de 684,8 milhões de euros) e o Banco Best com 14,6% (volume de 613,6 milhões de euros).

Captura_de_ecra__2018-05-04__a_s_10

Fonte: CMVM, março de 2018

Quanto às entidades que maior número de OICVM estrangeiros apresentam, o Banco Best é a entidade que maior número comercializa, com um total de 92. Seguem-se o Deutsche Bank AG e o BiG, com 38 e 30 OICVM, respetivamente. Destaque, ainda, para o facto de que o Bankinter ter sido a entidade que maior número de OICVM acrescentou na sua oferta durante o primeiro trimestre deste ano, passando de 14 para 23 produtos.

Captura_de_ecra__2018-05-04__a_s_10

Fonte: CMVM, março de 2018

Notícias relacionadas

O Mais Lido