Tags: Obrigações | Ações |

Millennium Eurocarteira acumula rendibilidade de 17,5% a 12 meses


O Millennium Eurocarteira, premiado na categoria de melhor fundo nos NYSE Euronext Lisbon Awards 2013, acumula uma rendibilidade anualizada a 12 meses de 17,5%, segundo dados da APIFPP de 25 de Janeiro, e tem nas principais posições empresas fora da área do euro.

De acordo com a informação disponível no site do Millennium BCP, as duas maiores participações são na Novartis (3,8%) e na Roche (3,6%), ambas empresas suíças da indústria farmacêutica. Seguem-se, nas 10 maiores participações (informação a 18 de Janeiro) a Unilever (2,7%), a Royal Dutch Shell (2,6%), a Nestlé (2,6%), a GlaxoSmithKline (2,4%), a HSBC Holdings (2,3%), a SAP (2,3%), a UBS (2,2%) e a BASF (2,2%).

Entre estas dez maiores posições há sete cujas cotações não são em euros (as três excepções são BASF, SAP e Unilever), uma maioria que contrasta com a realidade do total da carteira. Segundo informação do fundo no site do banco, 49,98% da carteira está em participações em euros, 23,68% em libras esterlinas, 18,04% em francos suíços,  5,63% em coroas suecas e 2,67% em coroas norueguesas. Na carteira constavam (no final de Dezembro) duas empresas portuguesas, a Galp Energia e EDP, segundo informação no site da CMVM.

Quanto à distribuição da carteira, em termos geográficos o Reino Unido surge em primeiro lugar (peso de 21,11%) e, em termos sectoriais, é o financeiro o mais representado (25,33%).

Constituído em Março de 1990, o fundo, com uma classe de risco 4 (médio alto), tinha, no final do ano passado, 80,8 milhões de euros sob gestão.

Empresas

Notícias relacionadas