Tags: Alternativos |

Mês de julho termina com queda no valor sob gestão dos fundos imobiliários nacionais


Ao contrário do mês de junho, os fundos de investimento imobiliário nacionais viram o seu montante sob gestão cair, tendo o valor terminado nos 10.859,3 milhões de euros – menos 12 milhões de euros face ao registado no sexto mês do ano. Os fundos de investimento imobiliário fechados e os fundos de gestão de património imobiliário foram os segmentos que contribuíram negativamente para este registo, tendo registado uma queda de 0,7% e de 1%, respetivamente. Já os fundos de investimento imobiliário abertos e os fundos especiais de investimento imobiliário fechados acabaram por ser os únicos segmentos com uma evolução positiva, com um aumento de 0,6% e de 0,5%, respetivamente.

Captura_de_ecra__2018-08-13__a_s_15

Fonte: CMVM

Assim, verificou-se uma queda do investimento nos segmentos de fundos de gestão de património imobiliário abertos e fundos de investimento imobiliário fechados – queda de 1% do lado do primeiro e de 0,4% no segundo. Em sentido contrário terminou o investimento no segmento de fundos de investimento imobiliário e fundos especiais de investimento imobiliário, que registou um aumento de 0,5% no mês em questão.

O mês de julho ficou, ainda, marcado pela liquidação do fundo de investimento imobiliário gerido pela Profile, o Pabyfundo. Para além disto, foi também declarada a insolvência do fundo de investimento imobiliário Fundocantial, da responsabilidade da GNB – SGFII.

Por sua vez, no panorama das entidades gestoras nacionais verificaram-se poucas alterações, mantendo-se a Interfundos no primeiro lugar, com uma quota de mercado de 14,9%, seguindo-se a Norfin, com 12%, e a GNB SGFII, com 10,1%.

Captura_de_ecra__2018-08-13__a_s_15

Fonte: CMVM

Empresas

Notícias relacionadas

Próximos eventos