Tags: Negócio |

Mercado nacional é composto por mais de 400 fundos de investimento


No relatório trimestral, publicado pela CMVM, relativamente ao segmento da Gestão de Ativos é possível verificar a evolução da gestão individual e coletiva em Portugal. Depois de se ter analisado a gestão individual de ativos, é hora de passar a pente fino a gestão coletiva de ativos no nosso país.

De acordo com a publicação do regulador, "o valor gerido pelos organismos de investimento coletivo em valores mobiliários (OICVM), fundos de investimento alternativo (FIA), fundos de investimento imobiliário (FII), fundos especiais de investimento imobiliário (FEII), fundos de gestão do património imobiliário (FUNGEPI) e fundos de titularização de créditos (FTC) totalizou 28.456,3 milhões de euros no terceiro trimestre deste ano (menos 1,5% do que no segundo trimestre e menos 8,6% do que no período homólogo de 2015)". Isto é, no final do terceiro trimestre do ano passado o valor ascendia a mais de 31.000 milhões de euros.

São mais de 400 fundos de investimento em Portugal

No mesmo documento é possível ver os números dos fundos de investimento registados por entidades nacionais e que se encontram disponiveis para os investidores. No final de setembro, o mercado era composto por 432 fundos de investimento, menos 9 do que no final do segundo trimestre do ano. Se expandirmos a análise para o mesmo período do ano passado, então o número de produtos encolheu em 27. O mapa seguinte mostra a distribuição dos fundos por categoria, segundo a publicação CMVM.

Captura_de_ecra__2016-11-15__a_s_12

OICVM abertos lideram por ativos sob gestão

Tal como lideram a lista dos fundos, por números, os OICVM abertos também lideram a lista por ativos sob gestão. No final do terceiro trimestre do ano, o valor sob gestão dos 144 fundos ascendia a quase 8.500 milhões de euros, um valor mais alto em 1,3% se compararmos com o mesmo período do ano passado.

O segundo maior segmento é aquele que junta os fundos de Titularização de Crédito, com o valor a superar os 7.000 milhões de euros, um valor mais baixo do que o registado no final do terceiro trimestre de 2015 em 17%. Acima dos 4.000 milhões de euros encontramos, ainda, a categoria que junta os FII Fechados, que totaliza mais de 4.500 milhões de euros, distribuidos por 121 produtos de investimento. O gráfico mostra os ativos sob gestão de todas as categorias, segundo os dados da CMVM, com os valores em milhões de euros.

Captura_de_ecra__2016-11-15__a_s_12

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Notícias relacionadas

O Mais Lido