Tags: Negócio |

Mercado de fundos mobiliários alterou “pouco” em relação a abril


Poucas foram as alterações no mercado de fundos mobiliários nacional, no mês de maio. A APFIPP, que lança agora o relatório relativo a este segmento de negócio em maio, indica que no mês em causa o montante gerido por estes produtos caiu ligeiramente face a abril, mais concretamente 0,5% face ao mês anterior, para os 11 092,5 milhões de euros. Desde o início do ano, por seu turno, a queda é de 7,1%, ao passo que nos últimos 12 meses o decréscimo chega aos 8,4%.

Como já referido, o mercado de fundos mobiliários não teve grandes mudanças face a abril,  pois também o número de fundos se manteve estável, sem nenhuma liquidação ou lançamento de produto. Em Portugal continuam a contabilizar-se portanto 183 fundos mobiliários, de entidades associadas.

Em maio, o volume de subscrições no mercado foi de 325,6 milhões de  euros, ao passo que o valor dos resgates chegou aos 429,0 milhões de euros, traduzindo-se num saldo negativo de entradas e saídas no montante de 103,4 milhões.

Quando se olha para o balanço desde o início do ano, verifica-se que as saídas líquidas de dinheiro ultrapassam os 550 milhões de euros.

O Mais Lido

Próximos eventos