Tags: Gestores |

Medidas poderão ser benéficas para Portugal


“Sendo um dos países mais vulneráveis neste momento, deverá seguramente beneficiar destas decisões, em especial no que respeita ao financiamento da nossa economia”, destaca o ActivoBank. Isto tendo em conta que “algumas das nossas principais preocupações se centram no crescimento económico e na elevada taxa de desemprego”, salienta.

Para Paulo Gonçalves, da Popular Gestão de Activos, estas medidas podem significar, no futuro, para Portugal, “uma maior facilidade em negociar com os parceiros europeus a obtenção de um empréstimo intermédio entre o final do actual programa de ajuda da Troika e o retorno normal aos mercados de dívida pública”. E, nesse âmbito, acrescenta, poderá significar ainda “uma maior capacidade de negociação das taxas de juro que Portugal terá de pagar no âmbito desse empréstimo intermédio”.

O Mais Lido