Tags: Gestores |

MCH Investment Strategies torna-se gestora: os motivos para a sua transformação


MCH Investment Strategies, empresa especializada na identificação e seleção de gestores especialistas com talento, transformou-se numa sociedade gestora de organismos de investimento colectivo. Esta transformação permite continuar a expansão do projeto que Tasio del Castaño e Alejandro Sarrate iniciaram em 2008.

“Ao longo dos seus 11 anos de história, a MCH Investment Strategies procurou gestores especialistas em cada classe de ativos ou cujo estilo de gestão tenha demonstrado a sua habilidade para gerar valor acrescentado aos seus investidores a longo prazo e poder assim oferecer um serviço de elevada qualidade aos seus investidores”, refere a entidade. À data de hoje, a MCH Investiment Strategies tem mais de 2.000 milhões de euros geridos ou representados com presença em Portugal, Espanha e Itália.

Uma parte importante destes ativos estão distribuídos entre oito gestoras com fundos UCITS que a empresa selecionou e representa em exclusivo: Brown Advisory, Eleva Capital, Mirae Asset, East Capital, Feroz Capital, Shenkman Capital, Ruffer LLP e Fulcrum AM. Por outro lado, a área das estratégias ilíquidas iniciou o seu caminho há dois anos com o lançamento do MCH Global Buyout Strategies FCR, fundo de capital privado assessorado pela Alpinvest. “A empresa espera continuar a crescer nos próximos anos tanto por via dos fundos UCITS como através de outras estratégias ilíquidas, ainda que sempre assessorado por gestores especialistas com experiência comprovada”, determinam.

Segundo explica a entidade, o que marcou a filosofia do MCH Investment Strategies desde a sua criação foi o rigor no momento de escolher os gestores com os quais colabora. Neste sentido, referem que contaram sempre com gestores independentes, especializados em vários tipos de ativos, com processos de investimento consistentes e track records consolidados. Deste modo, os gestores que representa especializam-se numa estratégia de investimento e têm um objetivo comum: a geração de alfa.

Neste contexto, a MCH Investment Strategies aposta em manter as parcerias a longo prazo com os gestores com experiência comprovada em ativos. Tasio del Castaño, sócio fundador da MCH Investment Strategies, assegura que “a maioria das gestoras com as quais trabalhamos selecionámo-las em 2008 e 2009 e atualmente continuamos a ter uma relação profissional com elas. Este aspeto que nos caracteriza, vamos mantê-lo com o objetivo de continuar a oferecer a investidores institucionais elevados padrões de qualidade e serviços de valor acrescentado que nos diferenciam do resto dos players do sector. A nossa missão é ajudar as nossas gestoras internacionais a aumentar e a preservar a sua base de clientes, atuando como especialistas de produtos independentes em Portugal, Espanha e Itália”.

Para Alejandro Sarrate, sócio fundador da MCH Investment Strategies, “a transformação na gestora representa a evolução natural da empresa dado o tamanho alcançado, assim como as boas perspetivas para as novas estratégias de investimento. Não se trata de uma nova divisão, é uma continuação do que temos feito durante a última década. Só com fundos UCITS não é fácil conseguir uma rentabilidade-risco ótima atualmente e em muitas ocasiões o gestor em que mais confiamos não tem uma estrutura adequada para os nossos investidores. Por isso, e para continuarmos a ser fiéis à nossa filosofia de colaborar com os especialistas mais consistentes em cada ativo, decidimos transformar-nos numa gestora”.

Relembramos que a MCH Investment Strategies chegou ao mercado português com maior presença em 2014, pela mão de Vasco Nuno Jesus

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido