Tags: Negócio |

Mantém-se o caminho de crescimento nos fundos mobiliários


A indústria de fundos mobiliários nacional continua numa rota de crescimento. Quem o prova é a APFIPP – Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – que no seu último relatório mensal sobre a indústria mostra que no mês de junho se verificou uma subida nos montantes sob gestão de 1,2%, alcançando-se um total de 11.895,2 milhões de euros de ativos sob gestão.

Notícias positivas também para o período que vai desde o início do ano: verifica-se uma subida no montante sob gestão de 7,2%. Nos últimos 12 meses, por seu turno, o crescimento avança para os 10,2%.

tabela junho FIM

Fonte: APFIPP, junho

No que toca ao volume de subscrições, o mês de junho voltou também a ser positivo. O volume de subscrições cifrou-se em 531,9 milhões de euros e o valor de resgates ficou nos 357,2 milhões de euros. O saldo do mês foi portanto positivo em 174,7 milhões de euros. Desde o início do ano, o saldo acumulado de subscrições menos resgates situa-se nos 649,8 milhões de euros.

O mercado de fundos mobiliários manteve-se inalterado no que toca ao número de fundos. A indústria, tal como em maio, acabou junho com um somatório de 167 fundos mobiliários.

Notícias relacionadas

O Mais Lido