Tags: Negócio |

Mais uma derrota para os escoceses


Depois do Sullivans Cove French Oak Cask, um Single Malt da Tasmânia, ter sido eleito como o melhor do mundo nos WWA – World Whiskies Awards, eis que Jim Murray elege um Single Malt japonês como o melhor do ano, mais concretamente o Yamazaki Sherry Cask 2013, da destilaria Suntory. Na sua edição anual, “Jim Murray’s Whisky Bible 2015”, Jim Murray atribuiu-lhe uma classificação de 97.5 pontos em 100, sendo a primeira vez, em 11 anos de história desta publicação, que um Single Malt japonês recebe tal distinção por parte do maior crítico de whiskies da actualidade. É também a primeira vez que não foi distinguido nenhum whisky escocês nos cinco primeiros lugares da lista.

Os whiskies Yamazaki são provenientes da destilaria mais antiga do Japão. Construída em 1923 pelo fundador da Suntory, Shinjiro Torii, a destilaria Yamazaki situa-se perto de Kyoto, e a água utilizada tem a reputação de ser a mais pura e leve daquele país. Os whiskies Single Malt Yamazaki sãos os mais vendidos no Japão, sendo a família de whiskies Yamazaki compreendida pelo Single Malt 12 anos, pelo Single Malt 18 anos e  pelo Single Malt 25 anos (vencedor da edição dos WWA de 2012), para além de outras expressões de quantidades limitadas.

O Yamazaki Sherry Cask 2013 é uma dessas expressões, tendo sido engarrafadas somente 18 mil garrafas para comercialização unicamente na Europa. Com um preço indicativo a rondar os 125 euros, infelizmente parece já estar esgotado nas lojas da especialidade. Como curiosidade, refira-se que em leilões no eBay, têm sido vendidas garrafas por quase 600 euros. O Single Malt Yamazaki Sherry Cask 2013 não faz referência à idade de maturação, e como o próprio nome indica, foi envelhecido exclusivamente em cascos de Sherry. Descreve-o quem teve a sorte de o provar como sendo um Single Malt intenso, rico e frutado, com uma cor de bronze profundo e com um final prolongado. A reputação das expressões envelhecidas em cascos de Sherry da Yamazaki é amplamente conhecida, e rapidamente esgotam quando chegam ao mercado.

Apesar de não fazer parte nenhum whisky escocês do top 5, Jim Murray escolheu como o melhor Single Malt escocês do ano o Highland Park Loki. Os Single Malts provenientes da destilaria Highland Park são dos meus preferidos, especialmente o de 15 anos. O Highland Park Loki tem precisamente 15 anos de envelhecimento e faz parte de uma colecção (Valhalla Collection) que teve início há 2 anos com o Highland Park Thor. O Loki faz uso de uma combinação de cascos de carvalho (americanos e espanhois) Sherry. Com um início explosivo a especiarias e fumo ligeiro, o final é muito mais suave e seco com uma transição para notas cítricas, perdendo grande parte do fumo inicial. Tal como o deus norueguês que lhe dá nome, este whisky é enigmático pela forma como os sabores são distintos do nariz para a boca. Sem dúvida, um whisky dos deuses.