Tags: Negócio |

Mais de metade das gestoras com saldo positivo em Abril


 

A maioria das gestoras de fundos de investimento mobiliário (FIM) tiveram subscrições líquidas positivas em Abril, mês em que o saldo total ascendeu a cerca de 170 milhões de euros, de acordo com o relatório estatístico mensal, divulgado pela APFIPP.

No total são oito sociedades com saldo positivo entre subscrições e resgates de um total de 14, das quais foram disponibilizados dados para o mês de Abril. O maior contributo foi dado pela ESAF, que teve o maior volume de subscrições líquidas, 112,7 milhões de euros (correspondentes a 66,4% do total), sendo também a gestora do universo BES a que regista as maiores subscrições líquidas desde início do ano, com o valor a situar-se em 324,2 milhões de euros.

A Millennium BCP Gestão de Activos ocupa o segundo lugar em Abril, com saldo de 35,3 milhões de euros, e a mesma posição considerando o total acumulado nos primeiros quatro meses de  2013, com 163,5 milhões de euros.

Com o terceiro maior saldo positivo em Abril aparece a Caixagest, com 31,3 milhões de euros, registando contudo subscrições líquidas negativas de 83,1 milhões de euros desde início do ano (a terceira posição em valor acumulado pertence a Santander Asset Management, com 133 milhões de euros, gestora que no mês passado teve um saldo negativo de 18,6 milhões de euros).

Além de ESAF, Millennium BCP Gestão de Activos e Caixagest tiveram também subscrições líquidas positivas, em Abril, Barclays Wealth Managers Portugal (10,1 milhões de euros), BBVA Gest (3,3 milhões), Crédito Agrícola Gest (2,8 milhões), Popular Gestão de Activos (2,7 milhões) e Dunas Capital – Gestão de Activos (2,4 milhões).

Em Abril, os fundos de investimento mobiliário tiveram subscrições líquidas totais positivas de 169,8 milhões de euros, com o saldo acumulado nos primeiros quatro meses de 2013 a situar-se em 678,1 milhões de euros, de acordo com o relatório estatístico mensal, divulgado pela APFIPP.

Empresas

Notícias relacionadas