Tags: Estilo |

MAAT recebe o maior artista plástico contemporâneo chinês


Bai Ming inaugurou esta quarta feira no MAAT a sua exposição “Branco e Azul”, onde explora os laços entre Portugal e a China, através de mais de 200 peças de cerâmica e de pintura.

A exposição é dominada pela cor azul, que simboliza o mar que faz a ligação entre os dois países e que representa a rota da seda. O artista é de origens chinesas e é considerado o maior artista plástico contemporâneo da China. É especialista na renovação da arte chinesa utilizando óleos e tinta chinesa. Para além disso, Bai Ming trabalha ainda com decoração e escultura.

A exposição está integrada num programa de intercâmbio cultural, e pode ser visitada na Sala dos Geradores e no recém-inaugurado Jardim do Campus Fundação EDP.

Onde? MAAT, Lisboa

Quando? Até 4 de setembro

Preço: Entre 5 e 9 euros (nos primeiros domingos de cada mês a entrada é gratuita.)

O Mais Lido