Tags: Negócio | Consultoria |

Lucro do ESFG mais que duplica para 313,6 milhões de euros


O lucro do Espírito Santo Financial Group (ESFG) mais que duplicou em 2012, face ao ano anterior, passando para 313,6 milhões de euros, de 121,4 milhões, divulgou ontem a instituição em comunicado.

A reforçar os resultados positivos das áreas de seguros e bancária, sublinha, estiveram a consolidação da BES Vida e o impacto favorável da não consolidação integral da ES Saúde, num período em que o resultado operacional consolidado ascendeu a 3,5 mil milhões de euros, mais 12,6% que em 2011, e os prémios brutos emitidos líquidos de resseguro consolidados tiveram um crescimento homólogo de 15,8% para 407,6 milhões de euros.

No negócio da banca privada, a Banque Privée Espírito Santo (BPES) “continuou em 2012 a contribuir positivamente para os resultados consolidados da ESFG”, tendo os resultados individuais aumentado 8,7% para 4,9 milhões de francos suíços (líquidos de provisões)”, é referido no comunicado de resultados anuais. A actividade do BPES em Portugal “registou um forte crescimento, tendo os resultados duplicado face ao ano anterior”. De acordo com a mesma nota, os activos sob gestão tiveram um aumento de 3% para 4,8 mil milhões de francos suíços, reflectindo “uma captação líquida positiva assim como o bom desempenho do mercado, que compensaram impacto da valorização do franco suíço relativamente ao euro”.

Quanto ao produto bancário do BPES, este diminuiu 6,1% para 45,1 milhões de francos suíços, face a 2011, “penalizado pela descida do comissionamento devido à acrescida aversão ao risco por parte dos clientes”.

No comunicado de contas de 2012 do ESFG é ainda destacado o início de actividade da subsidiária controlada através do BPES, a Espírito Santo Wealth Management, a 1 de Janeiro deste ano. As autoridades do Luxemburgo atribuíram, em Outubro do ano passado, a licença para esta operar na área de serviços de consultoria de investimento e gestão de activos, sendo que a Espírito Santo Wealth Management “contribuirá igualmente para expandir o negócio pan-europeu de gestão de patrimónios”, é destacado pelo ESFG no comunicado de resultados.

Notícias relacionadas

O Mais Lido

Próximos eventos