Tags: Negócio |

Lone Star na linha da frente para comprar Novo Banco


Já se começa a vislumbrar algum fumo branco para se resolver a questão do Novo Banco. Quase dois anos e meio depois de ter sido criado, o Banco de Portugal revelou algumas novidades, dando indicações ao mundo financeiro e ao mundo político. De acordo com o comunicado do regulador, o Banco de Portugal "concluiu com base nos elementos disponíveis nesta data que o potencial investidor Lone Star é a entidade mais bem colocada para finalizar com sucesso o processo negocial tendente à aquisição das ações do Novo Banco e decidiu convidá-lo para um aprofundamento das negociações". 

"A estabilidade do sistema financeiro e o reforço da confiança no futuro do Novo Banco são objetivos do processo de venda que o Banco de Portugal está a conduzir", revela o Banco de Portugal em comunicado, pelo que a "proposta do potencial investidor Lone Star é a que mais assegura estes objetivos mas apresenta condicionantes, nomeadamente um potencial impacto nas contas públicas, que se procurarão minimizar ou remover no aprofundamento das negociações que agora se iniciam", justificam do regulador.

No entanto, o comunicado apenas indica que o fundo norte-americano Lone Star está em posição de destaque para adquirir o Novo Banco, já que o Banco de Portugal "não exclui a melhoria das propostas dos restantes potenciais investidores que entregaram propostas no âmbito dos dois procedimentos de venda – Procedimento de Venda Estratégica e Procedimento de Venda em Mercado - e que já mostraram disponibilidade para o fazer". Relembramos que os outros potenciais compradores do Novo Banco são a China Minsheng e o ainda o consórico Apollo/Centerbridge​.

 

Notícias relacionadas