Tags: Obrigações | Ações |

Liquidez nas carteiras dos fundos mobiliários sobe para 20%


A percentagem de liquidez que os fundos de investimento mobiliário (FIM) detêm em carteira voltou a subir em Dezembro face ao mês anterior, confirmando uma tendência verificada há vários meses, mostram os dados do relatório mensal divulgado pela APFIPP.

Em Dezembro, o peso da liquidez ascendia a 20% do total que as sociedades têm sob gestão, o que corresponde a um aumento de dois pontos percentuais face a Novembro. Esta percentagem compara com 12% registados no último mês do ano de 2011, a qual se manteve até Fevereiro de 2012 (inclusive), tendo depois iniciado um movimento de subida.

Em valores absolutos, os fundos de investimento mobiliário tinha aplicados em liquidez (em euros e em divisas internacionais) um total de 2,51 mil milhões de euros, o que compara com 2,1 mil milhões no mês anterior. A quase totalidade do valor do último mês do ano passado é referente a liquidez denominada em euros, ascendendo a 2,48 mil milhões de euros, sendo a denominada em divisas internacionais na ordem de 27 milhões de euros.

O montante de Dezembro representa 20% do volume total dos activos sob gestão, que ascendiam a 12,27 mil milhões de euros, de acordo com o relatório mensal dos FIM, da APFIPP.

O Mais Lido