Tags: Estilo |

La Bayadère


Apresentada na versão integral, a história, com quase 140 anos, relata os amores, desencontros, traição e ciúmes de um rajá, um guerreiro, uma princesa, um faquir, um alto sacerdote hindu e uma bailadeira do templo (bayadére).

A Índia e os Himalaias servem de cenário para o desenrolar da ação. Os figurinos foram executados no ateliê da CNB sob a orientação da Mestra Paula Marinho e Pedro Carneiro dirige a Orquestra de Câmara Portuguesa na interpretação da música original de Ludwig Minkus.

O ensaio geral solidário organiza-se às 21h desta quarta-feira, e a estreia está marcada para dia 8 de dezembro.