J.P. Morgan Global High Yield Bond e US Dollar Liquidity Fund são os mais populares


Maximizar a rendibilidade das obrigações é o objectivo do fundo J.P. Morgan Global High Yield Bond, refere a gestora. Este fundo investe em dívida corporativa de alto rendimento a nível global, oferecendo aos investidores a possibilidade de alcançar rendibilidades superiores às das obrigações soberanas ou corporativas. O mercado com maior peso na carteira do fundo são os EUA, por constituir o mercado número um no mundo nesta classe de activos (obrigações 'high yield'). A carteira está diversificada por sectores e por qualidade creditícia, apesar de normalmente existir uma sobreponderação  em obrigações cuja notação de 'rating' é 'BB' e 'B' por serem estas as que demonstram melhor relação rendibilidade/risco, explica a J.P. Morgan AM.

No relatório de Agosto da Lipper Thomson Reuters, o fundo Global High Yield Bond foi o produto dentro da oferta da J.P. Morgan AM que mais entradas líquidas registou (189 milhões de euros), excluindo os monetários. No total este fundo tem, a 31 de Outubro, 3.492 milhões de dólares de activos sob gestão apresentando uma rendibilidade a um ano de 11,43% e num horizonte temporal mais longo, 3 anos, 37,52%. 

O outro fundo que mais captou, segundo o mesmo relatório, foi, já incluindo os monetários, o US Dollar Liquidity Fund. Este fundo captou 1.747 milhões de euros, em Agosto, sendo o terceiro fundo mais subscrito de um universo de quase 30.000 fundos de investimento. O património do fundo ascende, a 31 de Outubro, a 71,8 mil milhões de dólares. Este fundo pretende obter um nível competitivo de rendimento total na divisa de referência que seja coerente com a preservação de capital e um alto grau de liquidez. Este fundo apresenta, segundo a Morningstar, uma rendibilidade a um ano de 6,91% e a três anos, anualizada, de 5,70%.

Empresas