ISEG e Selecta assinam protocolo para atribuição de prémio


O ISEG e a Selecta SGFII acabam de assinar um protocolo que visa a atribuição de um prémio anual para a melhor tese de Mestrado do curso de Gestão e Avaliação Imobiliária, que vai já na sua 13ª edição.

O prémio tem como objetivo incentivar a investigação académica em áreas específicas, tais como a composição de preços hedónicos e a valorização dos diversos componentes habitacionais e de serviços - entre outros definidos entre ambas as instituições - e que permitam um maior conhecimento do comportamento do consumidor imobiliário e do sector em geral.

Colaboração desejável

José António de Mello, membro do júri, e presidente do conselho de administração da entidade, referiu à Funds People Portugal, que “para a Selecta, contribuir para um prémio do Mestrado do curso de Gestão e Avaliação Imobiliária é uma honra e também uma opção no sentido de apoiar e divulgar potenciais talentos que possam ajudar a indústria dos Fundos Imobiliários”.

Realçando que “embora, à partida, os interesses entre a universidade e a economia real possam parecer muito diferentes”, já que “a universidade tem essencialmente uma responsabilidade social enquanto as empresas têm prioritariamente a responsabilidade de obtenção de resultados perante os seus accionistas”, José António de Mello destaca que a colaboração entre as duas partes “é possível e desejável nomeadamente, através da conjugação de compromissos de pesquisa e de inovação destinados ao uso comercial de projectos com fins lucrativos”.

Resultados positivos nestas sinergias

“A experiência mostra que o desenvolvimento do trabalho académico tem maiores resultados práticos quando existe uma maior proximidade e conhecimento sobre a estratégias e os modelos de negócio reais”, assinala, concluindo que “o intercâmbio entre as empresas e a universidade tem demonstrado resultados positivos que a Selecta valoriza e apoia. Além disso, os resultados e as conclusões dos trabalhos de tese e mestrado serão certamente  uma informação de grande valor para ser utilizada por toda a indústria dos fundos imobiliários”.

Numa perspetiva de futuro, o líder da Selecta acrescentou ainda que “com este acordo, acreditamos poder criar oportunidades aos estudantes do ISEG no sentido de adquirirem experiência prática durante o curso e com isso beneficiarem diretamente as suas carreiras profissionais e a indústria dos fundos imobiliários”.

 

(Na foto, da esquerda para a direita: Diogo Pinto Gonçalves, administrador da Selecta, João Duque, presidente do ISEG, José António de Mello, presidente do conselho de administração da Selecta, e João Carvalho das Neves, diretor do curso de mestrado em GAI)

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas