Tags: Alternativos |

Investimento em UPs nos fundos imobiliários atinge valor mais baixo desde 2012


O mês de agosto evidenciou, mais uma vez, a queda nos ativos sob gestão no segmento imobiliário. De acordo com a CMVM, na sua publicação mensal referente a este assunto, o “valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) situou-se em 10.645,7 milhões de euros, menos 74,6 milhões de euros (0,69%) do que em julho”.

Como é o investimento noutros produtos?

Uma das formas dos fundos de investimento imobiliário investirem é através da alocação a outros produtos semelhantes. Neste aspecto particular, o valor total do investimento ascendia a mais de 81 milhões de euros, o que representa apenas 0,77% do total do investimento em carteira destes produtos financeiros. Dos 81 milhões de euros investidos, grande parte encontra-se na carteira dos fundos imobiliários fechados (mais de 59 milhões de euros). Os FUNGEPI surgem logo de seguida com um investimento em UPs de 19 milhões de euros.

E os últimos cinco anos?

Os últimos cinco anos têm sido complicados para o sector imobiliário. Segundo os dados do regulador, os ativos sob gestão entre agosto de 2016 e o mesmo mês de 2011, caíram praticamente 11%, tendo passado de 11.917 para os atuais 10.645 milhões de euros. Em termos monetários a descida situou-se em quase 1.300 milhões de euros.

Também a tendência de descida foi sentida no investimento dos fundos imobiliários noutros fundos de investimento, embora com uma amplitude mais alargada em termos percentuais. De acordo com a CMVM o valor registado em agosto – 81,6 milhões de euros – foi o mais baixo desde do final de 2012. Nos último cinco anos a descida situa-se em quase 13,5%, ou seja, mais de 12,6 milhões de euros.

O gráfico seguinte mostra a evolução do investimento em UP’s de outros fundos de investimento ao longo dos últimos cinco anos.

Investimento em UP’s nos últimos cinco anos*

Fonte: CMVM. *Valores em milhares de euros.

O Mais Lido