Tags: Negócio |

Fundos mobiliários estrangeiros representam um quarto do património dos fundos nacionais


De acordo com os dados disponibilizados pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o mês de janeiro terminou com um montante total de 12.475 milhões de euros aplicado por parte dos fundos de investimento mobiliários nacionais nas diversas classes de ativos e mercados. Deste montante, 75,2% (9.379,2 milhões de euros) foi aplicado em valores mobiliários tanto nacionais, como estrangeiros.

Analisando o valor das aplicações nos diversos valores mobiliários, verificamos que o valor aplicado em obrigações estrangeiras ascendeu a 3.505,6 milhões de euros, o que representa 28,1% do total – a categoria com maior preponderância. Já o investimento em unidades de participação de fundos estrangeiros ascendeu a 3.189,8 milhões de euros, correspondendo a 25,6% do valor total aplicado. Já o montante aplicado em ações estrangeiras fixou-se nos 1.163,9 milhões de euros, o que faz com que estas representem 9,3% do montante total.

Destaque, ainda, para a quarta categoria que maior preponderância apresenta, a dívida pública estrangeira, na qual, em janeiro, foram aplicados 644,2 milhões de euros. Esta representa, assim, mais de 5% do total, tendo registado, inclusive, um crescimento de 7,5% durante o primeiro mês do ano.

Captura_de_ecra__2018-02-19__a_s_17

Fonte: CMVM, 31 de janeiro de 2018

Notícias relacionadas

O Mais Lido