Tags: Negócio |

Alocação a fundos de investimento continua a avançar nas carteiras das gestoras de patrimónios


Das várias categorias de clientes das gestoras de patrimónios, apenas uma conseguiu um avanço relativamente significativo (>1%) nas carteiras deste segmento, que no final do mês de julho alcançou os 57,06 mil milhões de euros em ativos sob gestão, ligeiramente menos do que no mês anterior. Este valor vem consolidar uma tendência decrescente que tem sido significativa no último ano.

Fundos de investimento crescem quase 3%

Os fundos de investimento foram o cliente cujos ativos sob gestão mais cresceram no mês de julho, com um avanço de 2,89% de um mês para o outro. Este incremento permitiu um regresso ao patamar dos 1.000 milhões de euros, mais concretamente aos 1.026 milhões de euros de montante gerido.

No âmbito das evoluções positivas, em termos de ativos sob gestão, destaque também para as fundações, os outros investidores, os fundos de pensões e ainda os clientes particulares.

No caso das fundações, o crescimento mensal foi de 0,95%, chegando assim a um montante sob gestão dos 51,9 milhões de euros em julho. Os outros investidores, por seu turno, registaram um crescimento de 0,86%, atingindo os 6,80 mil milhões de euros em julho. Os fundos de pensões, por sua vez, registaram um crescimento de 0,88%, alcançando o patamar dos 10,92 mil milhões de euros.

Notícias relacionadas

O Mais Lido