Investidores continuam a preferir fundos de obrigações e mercado monetário


 

Os investidores continuaram, no mês passado, a apostar nas categorias de fundos de obrigações e mercado monetário, tradicionalmente vistas como investimentos mais seguros.

Assim, o mês de Abril mostrou o regresso do comportamento defensivo dos investidores que, depois de um início do ano, em que a aposta no mercado accionista foi evidente, se deixaram “dominar” por um cenário macro penalizado pelos dados económicos menos positivos, principalmente na Europa, a que se juntou a instabilidade provocada pelo ‘bail in’ no Chipre.  

Neste sentido, segundo mostram dados da Morningstar, as categorias dos fundos de obrigações que incluem, em Abril, 63 fundos apresentam 3.684 mil milhões de euros em activos sob gestão o que corresponde a um crescimento de 0,08% relativamente a Março. Já os fundos de mercado monetário que têm um património total de 3.433 mil milhões de euros, viram os activos sob gestão aumentarem 0,12% entre Março e Abril.

As restantes categorias apresentaram um decréscimo ligeiro nos activos sob gestão. 

Empresas

Notícias relacionadas