Interbolsa escolhe Swift para ligação à plataforma ‘Target2Secturites’


 

A Interbolsa, detida a 100% pela bolsa portuguesa, seleccionou o fornecedor global de mensagens financeiras Swift para a ligação à plataforma ‘Target2Securities’ (T2S), prevendo ter a adaptação concluída e arrancar com o novo ambiente em Março de 2016.

A sociedade gestora de sistemas de liquidação e de sistemas centralizados de valores mobiliários portuguesa “coloca-se assim na linha da frente da transformação da indústria europeia de ‘post-trading’”, sublinha a bolsa portuguesa em comunicado.

A Interbolsa “está pronta para avançar com a adaptação dos seus sistemas de informação à plataforma T2S e arrancar em novo ambiente em Março de 2016”.

Luís Laginha de Sousa, presidente da NYSE Euronext Lisbon, sublinha na referida nota que a Interbolsa “tem assegurado, na sua área de actuação, que Portugal se posiciona de uma forma eficaz e eficientemente integrada no mercado financeiro global, contribuindo assim para o reforço da atractividade do nosso mercado, enquanto meio ao serviço das emitentes, instituições financeiras, investidores e da economia portuguesa em geral”.

As decisões tomadas pela gestora no âmbito do projecto T2S “são um importante passo para que a empresa continue ao serviço o mercado, de acordo com os mais elevados padrões a que tem habituado os seus ‘stakeholders’”, destaca o presidente da bolsa portuguesa.

O Swift é fornecedor de mensagens financeiras para mais de 10 mil organizações bancárias, instituições de valores mobiliários e clientes corporativos em 212 países; e o ‘Target2Securities’ a futura plataforma informática gerida pelo Eurosistema que,  partir de 2015, irá reunir a liquidação física e financeira de valores mobiliários em moeda de banco central.

Notícias relacionadas

O Mais Lido