Tags: Monetário |

Indicador de poupança subiu ligeiramente no mês passado


O indicador de poupança, elaborado conjuntamente entre a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP) e a Universidade Católica subiu ligeiramente no mês passado, dos 45,7 para os 46,2 pontos. Ainda assim, "continua muito próximo do mínimo histórico da série registada em abril de 2015", conforme revela o comunicado oficial das duas entidades. O gráfico seguinte mostra a evolução do indicador de poupança desde o final do ano 2000.

Captura_de_ecra__2016-11-16__a_s_16

O mesmo documento revela que "a actualização global do Indicador APFIPP/UCP voltou a confirmar a tendência da poupança das famílias em % do PIB, medida pela variação trimestral da série alisada, que continua muito próxima dos -0,15 pontos percentuais do PIB por trimestre". Ou seja, "em termos agregados as famílias têm diminuído a sua taxa de poupança em cerca de 0,14 pontos percentuais do PIB em cada trimestre desde meados de 2014". O comunicado mostra ainda que a "variação trimestral desta série alisada tem sido, desde junho de 2014, ligeiramente mais negativa que a da poupança das famílias medida pelo Indicador APFIPP/UCP, diminuindo cerca de 0,14 a 0,17 pontos percentuais do PIB em cada trimestre".

Captura_de_ecra__2016-11-16__a_s_16