Há sinais de esperança na Europa


A situação económica na Europa continua a ser complicada, embora haja sinais de esperança, refere Paola Toschi no último Markets Insights da JP Morgan AM.

A produção industrial na Zona Euro do mês de Abril foi melhor que o esperado e os dados de índice de preços dos consumidores, na Europa, mantiveram-se estáveis – mas ainda longe dos níveis desejados pelo BCE. No entanto, enquanto o FMI e a Comissão Europeia debatem os efeitos da austeridade, alguns dos países mais fragilizados alcançaram melhorias extraordinárias; a Grécia caminha em direcção a um superávit primário do orçamento, as reformas estruturais de Portugal e Irlanda seguem um bom caminho, assim como a restruturação bancária de Espanha.

A Europa está a trabalhar para reduzir os equilíbrios e reequilibrar iniciativas expansivas, ampliando as oportunidades dos investidores tanto de acções como de obrigações.  

 

Anexos

Empresas

Notícias relacionadas