Tags: Estilo |

Guimarães encerra ano como capital europeia da cultura com 48 horas de programação


“Nós fazemos parte! 48h de Guimarães 2012” é o mote da festa de encerramento do ano de Guimarães capital europeia da cultura, uma iniciativa ‘non stop’ que conta com vasto conjunto de acções, “levando música, ‘performances’ e intervenções urbanas a ocupar espaços públicos e privados da cidade”, como é destacado no site da organização.

Na sexta, depois da passagem de testemunho de capital europeia da cultura para as cidades de Košice e Marseille-Provence (em 2013), acontece o espectáculo “Então Ficamos...” (22 horas), que reunirá centenas de pessoas em palco, marcando “o culminar de dos amos de residências artísticas desenvolvidas com a comunidade vimanarense”. E, a partir das 23h55, por supostamente ser o dia em que acaba o mundo, Guimarães faz a “Festa do Não Fim do Mundo”.

Sábado à noite, o destaque vai para a ‘performance’ do grupo catalão La Fura dels Baus (22 horas), que regressa ao Largo do Toural (onde a programação começou, a 21 de Janeiro), para o espectáculo “Nós Fazemos Parte”, o “último dos cinco espectáculos criados pela companhia exclusivamente para a capital europeia da cultura”.

No domingo há uma gala de Natal (às 18 horas), no pavilhão multiusos, durante a qual subirá ao palco a Fundação Orquestra Estúdio, sob direcção do maestro Rui Massena, e à qual se irão juntar nomes como JP Simões e Luísa Sobral, entre outros.

Ao longo dos dias de sábado e domingo, a iniciativa “Cidade Capital – Uma Viagem por Guimarães 2012” permitirá revistar os momentos e projectos que mais marcaram o ano como capital europeia da cultura.

O Mais Lido