Tags: Negócio |

GNB, BPI e Haitong líderes nas captações dos fundos luxemburgueses em 2019


Em 2019 a maioria dos fundos nacionais obteve um grande incentivo no crescimento dos seus ativos por via das captações, a somar ao impulso patrocinado pelo desempenho dos mercados. Esse efeito positivo dos mercados também alastrou aos fundos portugueses domiciliados no Luxemburgo, que registaram, na sua plenitude, rentabilidades positivas no ano passado. Porém, no que toca às captações a história foi um pouco diferente.

Das 22 estratégias analisadas somente nove obtiveram subscrições líquidas positivas, em que apenas quatro registaram fluxos acima dos 10 milhões de euros. À cabeça deste grupo encontra-se o fundo da GNB Gestão de Ativos, o NB Euro Bond, com subscrições líquidas de 26,6 milhões de euros em 2019. Esta estratégia, que está a cargo da gestão de Vasco Teles, já havia sido destacada pela sua performance entre os fundos de obrigações domiciliados no Luxemburgo, que em muito o ajudou a conquistar o Selo Funds People 2020 com as classificações Favorito dos Analistas e Consistente.

Também na casa dos 26 milhões de euros captados temos a estratégia do Haitong Bank, o Haitong China High Income, também especializada no investimento em obrigações. A fechar o Top 3 surge o BPI GIF Opportunities, da gestão do BPI Gestão de Ativos (Caixabank AM), com 23,1 milhões de euros captados. Este feito em muito contribuiu para que esta tenha sido a estratégia que registou um maior crescimento nos seus ativos no ano transato com a chegada aos 40 milhões de euros de ativos sob gestão (face a 11 milhões no final de 2018).

captações luxembrugo absolutas 2019

Liderança mantém-se nas captações relativas

No campo das captações ponderadas pelo capital no final de 2018 vemos a repetição de algumas das estratégias já mencionadas. Logo à partida, e sem surpresa se considerarmos os dados já apresentados, temos o BPI GIF Opportunities, com as captações obtidas no ano passado a representar 201% dos ativos registados no início de 2019.

A GNB GA volta a marcar presença, ocupando os dois lugares seguintes com os seus produtos NB Opportunity e o já referido NB Euro Bond, cujas subscrições representaram, respetivamente, 45% e 21% dos ativos iniciais do ano passado. De salientar que este duo se destacou pelos resultados ao nível da performance conseguida em 2019 entre os fundos de obrigações: o NB Euro Bond pela já referida rentabilidade, e o NB Opportunity pela relação rentabilidade-risco.

captações luxemburgo relativas 2019

Profissionais
Produtos
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido