Tags: Negócio |

GGH Partners Portugal assume natureza de sociedade de consultoria para investimento


O Banco de Portugal acaba de informar que a GGH Partners Portugal renunciou expressamente à respetiva autorização de gestora de patrimónios e já não exerce qualquer atividade sujeita à supervisão do Banco de Portugal.

Segundo as informações vigentes no site do Banco de Portugal, “por deliberação do Conselho de Administração de 16 de outubro de 2018, tomada ao abrigo da competência conferida pelo artigo 23.º do Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras (“RGICSF”), aprovado pelo Decreto-Lei n.º 298/92, de 31 de dezembro, foi revogada a autorização da GGH Partners Portugal – Sociedade Gestora de Patrimónios, S.A. enquanto sociedade gestora de patrimónios, com dispensa de dissolução e liquidação, ao abrigo das disposições conjugadas da alínea i) do n.º 1 do artigo 22.º e do n.º 5 do RGICSF, aplicáveis ex vi artigo 199.º-C do mesmo Regime Geral, uma vez que a sociedade renunciou expressamente à respetiva autorização e já não exerce qualquer atividade sujeita à supervisão do Banco de Portugal”.

Na mesma comunicação é referido que “a sociedade em causa irá passar a assumir a natureza de sociedade de consultoria para investimento”.

Notícias relacionadas

O Mais Lido