Tags: Negócio |

Gestão de Patrimónios: Valor total no final do primeiro semestre de 2016 é o mais alto desde 2012


Os últimos meses no segmento de Gestão de Patrimónios têm sido marcados por uma quebra nos ativos sob gestão.  Segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – referentes ao final do mês de junho, nessa data o segmento registava um volume sob gestão de 57.151,4 milhões de euros. Comparativamente com o final do mês anterior, houve uma quebra de 0,5%, e face ao final do ano passado a descida é de quase 5%. Não podemos esquecer que este valor representa 91,1% do “valor total de gestão individual de activos em Portugal”, segundo informa a Associação.

Mesmo com esta descida no primeiro semestre do ano, o valor sob gestão é o maior desde 2012. Face à primeira metade do ano passado, o valor cresceu mais de 3%, numa proporção de quase dois mil milhões de euros. Se compararmos com junho de 2012, então a subida é superior a 20% com o incremento em termos monetários a roçar os dez mil milhões de euros.

Quase sempre na casa dos 50 mil milhões

Nos cinco períodos analisados, apenas em 2012 o valor total sob gestão das entidades que gerem patrimónios e que são associadas na APFIPP não ultrapassou os 50 mil milhões de euros. Se analisarmos, em termos médios, o valor situa-se acima dos 53 mil milhões de euros entre 2012 e 2016.

Mudam os nomes...mas fica tudo na mesma

Se analisarmos as maiores entidades nacionais que gerem patrimónios, o top três segue inalterado. A Caixagest era em 2012 e continua a ser atualmente a maior entidade nacional com um património de quase 22 mil milhões de euros. Face ao final do primeiro semestre de 2012 o valor aumentou em quase 30%. A BMO GAM (em 2012 era denominada de F&C Portugal) segue logo depois com mais de 13 mil milhões de euros. Também a terceira maior entidade mudou a sua denominação: passou de ESAF para GNB Gestão de Ativos e entre 2012 e 2016 aumentou o seu património em 40% para mais de 7.200 milhões de euros.

Evolução dos ativos sob gestão

GPatr_6M

Fonte: APFIPP

Empresas

Notícias relacionadas