Tags: Negócio |

Gestão de Patrimónios: queda ligeira em maio


No final do mês de maio o valor das carteiras sob gestão discricionária, em Portugal, ascendia a 57.448,1 milhões de euros. Este é o valor apresentado pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – para o segmento de Gestão de Patrimónios. A Associação representa 91,3% do valor total gerido em Portugal.

Face ao mês anterior denota-se um ligeiro abrandamento, na ordem dos 0,3%, já que em abril o valor total somava mais de 57.627 milhões de euros. Se analisarmos a evolução ao longo deste ano, verificamos que no acumulado de 2016 a queda é de 4,4%, já que o ano passado fechou com este segmento a gerir mais de 60.112 milhões de euros.

Evolução ao longo dos últimos doze meses

GP_1y_Maio2016

Fonte: APFIPP. Valores em milhões de euros.

Apenas duas entidades crescem em 2016

Mesmo com a descida total, do mercado analisado pela Associação, de 4,4% ao longo dos primeiros cinco meses do ano, existem duas entidade que viraram costas a esta tendência e conseguiram aumentar o seu valor sob gestão discricionária em 2016.

A entidade que mais aumentou o seu valor foi a Crédito Agrícola Gest, que em 2016 consegue apresentar um incremento de 2,6% para um total superior a 2.212 milhões de euros. Em termos monetários, o aumento é em torno dos 55 milhões de euros.

A outra instituição é a Orey Financial. É a entidade com menor volume do segmento analisado pela Associação e viu o seu valor crescer 2,4% para um total a rondar os 4,8 milhões de euros.

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente