Tags: Negócio |

Gestão de patrimónios aumenta 3% em Agosto


De acordo com os dados divulgados pela APFIPP, a 31 de Agosto, o montante ascendia a 49.349,5 milhões de euros, o que representa uma subida de 3,0% face a Julho, quando se situava em 47.929,1  milhões de euros. Desde início do ano e face ao mesmo mês de 2011, o valor das carteiras é inferior em 2,5% e 12,7%, respectivamente.

Quanto à estrutura das carteiras, a classe de activos com maior na gestão de patrimónios peso era, no final do mês passado, a de obrigações diversas (42,4%), seguindo-se da dívida pública (31,2%); esta foi o que mais aumentou a sua importância relativa em termos mensais (0,8%), sendo também a que a que regista maior subida no peso nas carteiras desde início do ano, ao passar de 26% para 31,2% no final do mês passado. A quase totalidade dos activos detidos nas carteiras (98,3%) é denominadas em euros.

Por residência dos investidores, 98,1% são portugueses, e, quanto à categoria, são as seguradoras que detêm maior volume de activos sob gestão (69,4% do total), seguindo-se fundos de pensões e outros investidores.

A sociedade gestora com maior volume de activos sob gestão é a Caixagest (18.073,0 milhões de euros), o que corresponde a uma quota de mercado de 36,6%. A F&C Portugal (13.717,3 milhões) e a ESAF - GP (5.653,1 milhões) ocupam os segundos e terceiros lugares, respectivamente.

Empresas

Notícias relacionadas

Próximos eventos