Tags: Negócio |

Gestão de património: os maiores AuM em agosto


No final do mês de agosto, o valor das carteiras sob gestão discricionária ascendeu a 56 537,0 milhões de euros, o que se traduziu numa estabilização relativamente ao mês anterior. Na verdade, desde o início deste ano que se tem registado um aumento nos ativos sob gestão na ordem dos 0,9%, enquanto que, desde agosto de 2016, se tem verificado uma redução de 0,8% nos montantes geridos.

A Caixagest foi a sociedade gestora com maior volume de ativos sob gestão, com 21 675,5 milhões de euros e uma quota de 38,3%, semelhante ao que tinha acontecido no mês de julho. A BMO GAM ficou em segundo lugar, com 14 518,8 milhões de euros e uma quota de 25,7%, e a BPI Gestão de Activos com 6 922,5 milhões de euros e uma quota de 12,2%.

A BMO GAM foi a sociedade gestora que mais cresceu em termos percentuais, com 0,9%, e que registou o maior crescimento, em valores absolutos, com 130,2 milhões de euros. Embora aquela que regista o maior aumento percentual desde o início do ano seja a Dunas Capital - Gestão de Ativos, com 38,5%, o maior crescimento em valores absolutos pertence BMO GAM com 1 485,5 milhões de euros (11,4%).

Captura_de_ecr__2017-10-2___s_14

Fonte: APFIPP, 2 de outubro

No que respeita à categoria de clientes, são as Seguradoras que detêm o maior volume de ativos sob gestão, com um total de 64%, seguidas pelos Fundos de Pensões, com 20,3% e Outros Investidores, 12%.

Empresas

Notícias relacionadas