Tags: Alternativos |

Gesfimo lidera crescimento percentual no imobiliário em janeiro


O valor  líquido global dos fundos de investimento imobiliário (VLG) e o valor do património  imobiliário detido por fundos de investimento moveu-se em direções distintas no primeiro mês do ano. A APFIPP, no seu relatório mensal, evidencia que se, por um lado o VLG destes produtos ascendeu a 9.334,8 milhões de euros em janeiro evidenciando um crescimento de 0,4% face a dezembro, por outro, o valor do património imobiliário destes fundos decresceu 0,3% em termos mensais, chegando ao final de janeiro nos 9.499,5 milhões de euros.

Captura_de_ecra__2019-03-07__a_s_15

Gesfimo com maior crescimento percentual

No mês em análise não foi lançado nenhum fundo novo no mercado imobiliário, nem, por outro lado, liquidado nenhum produto. Contudo, há algumas variações a ter em conta no panorama das entidades gestoras.

A Associação mostra que no mês em análise, a entidade que maior crescimento apresentou foi a Gesfimo. O valor líquido global a cargo da gestora cresceu 9,1% no primeiro mês do ano, e a entidade chegou ao final de janeiro com 171,5 milhões de euros de VLG, e uma quota de mercado de 1,8%.

Em termos percentuais, mas mais ainda em termos absolutos, destaque também para a Santander Asset Management que chegou ao final de janeiro com mais 18,2 milhões de euros, o correspondente a um avanço percentual de 4%. O VLG da entidade totalizava no final de janeiro 467,6 milhões de euros, o correspondente a uma quota de mercado de 5%.

Muito embora a liderança ao nível do património imobiliário seja detida pela Interfundos, com 1.291,1 milhões de euros associados a esta rubrica, no que ao volume líquido sob gestão diz respeito é a GNB-SGFII que lidera o segmento, acumulando 1.497,9 milhões de euros de VLG.

Confira estes e outros dados na tabela abaixo: 

Captura_de_ecra__2019-03-07__a_s_15

 

Empresas

Notícias relacionadas