Tags: Negócio |

Fusões e Aquisições no mercado nacional superam os 11 mil milhões em 2017


O ano de 2017 terminou de forma positiva para o mercado de fusões e aquisições nacional, tendo-se registado um aumento de 8,64% no número de transações. Segundo o Relatório Anual de M&A da Transactional Track Record, o número de transações foi de 327, sendo que apenas 127 revelaram valores, cujo montante ascende aos 11,4 mil milhões de euros – mais 13,58% que o valor verificado em 2016.

Panorama global

Captura_de_ecra__2018-01-8__a_s_14

Fonte: Transactional Track Record, 4º Trimestre 2017

Quanto ao segmento que maior influência teve no volume registado, o relatório revela que o grande destaque foi, pelo segundo ano consecutivo, o segmento imobiliário. Este foi o mais ativo no período em questão, com um total de 66 operações registadas, o que representa um crescimento de 32%. Logo a seguir surge o sector tecnológico com 38 operações.

Por outro lado, o sector em evidencia pela negativa foi o 'financeiro e seguros', que registou um decréscimo de 6% no valor total de transações, fixando-se nas 33 operações. Não obstante, no último trimestre do ano, este foi segmento mais ativo, com um total de 14 operações.

Private equity e venture capital terminam em sentidos opostos

Do lado do investimento de private equity, foram contabilizadas um total de 43 operações em 2017, o que significa um aumento de 19% relativamente ao ano anterior. Das 16 operações que revelaram valores verifica-se um volume total de 5,6 mil milhões de euros – um crescimento de 53%. Quanto ao subsector com maior procura, Saúde, Higiene e Estética esteve em destaque, com um total de seis operações.

Panorama Private Equity

Captura_de_ecra__2018-01-8__a_s_14

Fonte: Transactional Track Record, 4º Trimestre 2017

Em sentido contrário terminou o investimento de venture capital, uma vez que se verificou uma queda de 3%, fixando-se nos 92 milhões de euros. O número de operações foi de 29, menos 24% que no ano transato. Os segmentos tecnologia e internet foram os segmentos com maior procura, com um total de operações de 16 e seis, respetivamente.

Panorama Venture Capital

Captura_de_ecra__2018-01-8__a_s_14

Fonte: Transactional Track Record, 4º Trimestre 2017

Espanha em destaque nas operações cross-border

Foram 116 as operações inbound registadas no mercado português, tendo Espanha como o país em destaque. O nosso país vizinho liderou no número de transações: 33 empresas nacionais adquiridas, com um investimento total de 965 milhões de euros. No lado oposto ficaram os Estados Unidos, tendo registado um descréscimo de 31,58% no número de transações (um total de 13). O Reino Unido, por sua vez, ultrapassou os Estados Unidos, com mais uma transação (14) no mercado nacional.

Espanha, por outro lado, foi também o país em evidência em operações outbound, com sete aquisições por parte de empresas nacionais de um total de 19 operações.

Imobiliário, tecnologia e financeiro e seguros terminaram em posição de destaque, tendo sido os sectores mais ativos, sendo que os subsectores tecnologia e internet registaram um crescimento de 23,08% nas aquisições de empresas estrangeiras.

Aquisição do segmento de gestão de ativos do Banco BPI foi uma das maiores transações do trimestre

Entre as maiores transações do último trimestre de 2017 está a aquisição da BPI Gestão de Activos e da BPI Global Investment Fund Management Company por parte da CaixaBank Asset Management, numa operação que totalizou 83 milhões de euros, e também a aquisição da BPI Vida e Pensões por parte da VidaCaixa, num negócio avaliado em 135 milhões de euros. 

Empresas

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido