Tags: Negócio |

Fusões e aquisições crescem mais de 31% face a 2018


O relatório mensal de M&A da Transactional Track Record traça notícias positivas relativamente ao mercado de fusões e aquisições. Segundo a entidade, os anúncios de fusões e aquisições que envolveram empresas portuguesas movimentaram 985,8 milhões de euros em abril, num total de 15 operações. Desde o início do ano a tendência consolida-se, e o mercado português soma 2,9 mil milhões de euros transacionados, o que é correspondente a um crescimento de 31,2% comparativamente ao mesmo período de 2018. Neste período contabilizam 99 negócios anunciados no país, uma queda de 12.4% na comparação anual.

 

Captura_de_ecra__2019-05-08__a_s_15

Em termos de sectores não há grandes novidades: o sector imobiliário mantém a posição de mais ativo no mercado português, porém, a TTR revela uma tendência de queda. As 21 operações registadas desde o início do ano no segmento ficaram 13% abaixo da percentagem registada no mesmo período do ano passado. O destaque positivo é o crescimento de 29% do setor da Tecnologia, com 18 operações desde janeiro.

No que diz respeito às operações cross-border, a entidade assinala uma soma de 46 operações inbound desde o início de 2019, nas quais empresas portuguesas foram adquiridas por companhias estrangeiras, com um volume financeiro registado de 1,77 mil milhões de euros. O protagonismo ficou a cargo de empresas com sede espanhola, já que um total de 226,4 milhões de euros foram aportados pelos vizinhos ibéricos em território português.

Oito destas operações tiveram como alvo o mercado imobiliário, que continua como o alvo principal das empresas estrangeiras, incluindo também cinco aquisições realizadas por empresas britânicas. Em volume financeiro, tanto o Reino Unido, com 360 milhões de euros de investimentos, como a França, que ultrapassou a marca dos mil milhões, superaram os investimentos dos vizinhos espanhóis no país. No âmbito outbound, 13 empresas portuguesas realizaram aquisições no mercado externo.

Venture Capital em alta

No cenário de venture capital 2019 também traz boas notícias. O número de rondas de investimentos registada desde janeiro, indicam, cresceu 71,4%, para 24 operações. Destas, 20 transações tiveram seus valores revelados, totalizando 95 milhões de euros em aportes, um crescimento próximo de 189% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Os fundos de venture capital tiveram como alvos preferidos no ano os segmentos de Tecnologia, 15 operações, e Internet, cinco.

Do lado do private equity o dinamismo foi mais diminuto: registou-se uma redução de 83% no número de operações e de 25% no total investido, 118 milhões de euros, de janeiro a abril.

 Venda da Novaenergia

Na habitual transação destacada do mês, a entidade salienta, em abril, a concretização da venda da Novenergia Holding Company, a dona da empresa de energias renováveis Generg, pela Total Eren, sociedade controlada pelos grupos franceses Eren e Total, por aproximadamente mil milhões de euros.