Tags: Negócio |

Fusão concluída: a nova Standard Life Aberdeen já é cotada em bolsa


Cinco meses depois de serem dados os primeiros passos para unir forças, fica oficialmente concluída a fusão das gestoras Aberdeen e Standard Life, ao iniciar-se a negociação em bolsa das ações representantes de ambas as empresas, a 14 de agosto, sob a marca de Standard Life Aberdeen. Tendo iniciado neste dia a cotar a 414 gbp, fechou ontem a 435,90 gbp.

O resultado da fusão é um total de ativos no valor de 737.000 milhões de euros, numa operação que foi defendida desde o princípio como de grande complementaridade entre ambos os negócios.

“A nossa equipa de administração está formada, e temos uma estrutura plena desde o primeiro dia. Os nossos colaboradores trabalharam excecionalmente bem em conjunto para completar a fusão a tempo e nós gostaríamos de lhes dar os parabéns por isso”, elogiou Keith Skeoch, diretor executivo da Standard Life Aberdeen e anterior CEO da Standard Life Investments. O profissional acrescentou que “a cooperação e colaboração que temos presenciado é um bom presságio para a integração em marcha do negócio e para nos ajudar a criar uma empresa de investimento de classe mundial para os nossos clientes, acionistas e colaboradores”.

Martin Gilbert, também diretor executivo da entidade e anterior CEO da Aberdeen, enfatizou que “como sempre, a nossa prioridade continua a ser oferecer uma forte rentabilidade do investimento a o nível mais alto de serviço ao cliente”. “A fusão irá aprofundar e ampliar as nossas capacidades de investimento e vai dar-nos um conjunto de skills de gestão de investimento mais diversas, assim como uma escala significativa em classes de ativos e geografias. Acreditamos que nos permitirá oferecer melhores propostas e serviços à nossa base de clientes”, acrescentou Gilbert.

Empresas

Notícias relacionadas