Tags: Negócio | Europa |

Fundos UCITS europeus com saldo positivo de 38,3 mil milhões de euros


Os fundos harmonizados europeus (UCITS) tiveram subscrições líquidas positivas de 38 mil milhões de euros, em Março, com destaque para os de longo prazo, num mês em que saldo total de UCITS e não-UCITS manteve-se idêntico ao de Fevereiro.

"Apesar das recentes incertezas provocadas pelo pacote de ajuda ao Chipre, as subscrições líquidas totais de UCITS e não-UCITS mantiveram-se em Março no mesmo nível elevado que em Fevereiro,realçando a confiança dos investidores acerca das perspectivas de investimento", referiu Peter de Proft, director-geral da Efama, no comunicado mensal.

Os fundos harmonizados tiveram um saldo de 38 mil milhões de euros, o que compara com 44 mil milhões em Fevereiro, uma "redução modesta" que é resultado da inversão dos fluxos para os fundos de mercado monetário, que tiveram em Março um saldo negativo de 2,4 mil milhões de euros, depois de ter sido positivo em Fevereiro. 

Os fundos de longo prazo (exclui os de mercado monetário) registaram subscrições líquidas de cerca de 41 mil milhões de euros pelo segundo mês consecutivo. 

Nos fundos não-UCITS, o saldo em Março foi positivo em 18 mil milhões, mais seis mil milhões que em Fevereiro, revela a mesma nota.

Quanto aos activos sob gestão, o montante global da indústria europeia de fundos de investimento ascendeu a 9,34 biliões de euros, uma subida mensal de 2,2%. Nos harmonizados, o crescimento foi de 2,3% para 6,7 biliões de euros e nos não-UCITS houve um aumento mensal de 1,9% para 2,64 mil milhões de euros, de acordo com o comunicado divulgado pela Efama.

 

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido