Fundos que permanecem sustentadamente nos dez mais rentáveis


As dez melhores rendibilidades, calculadas pela APFIPP, relativas à semana de 3 de Maio apresentam uma maior diversificação de fundos relativamente à semana anterior, embora os fundos apresentados sejam líderes habituais e se mantenham de forma sustentada neste 'ranking'. 

O fundo que, segundo a APFIPP, tem maior rendibilidade acumulada nos últimos doze meses, na semana de 3 de Maio, foi o E.S. Obrigações Europa com 33,1% e uma classe risco intermédia (nível 3). O bom desempenho deste fundo tem despertado bastante atractividade entre os investidores, verificando-se um aumento de 0,8% do seu volume sob gestão entre a semana de 28 de Março e os últimos dados divulgados, superando os 50 milhões de euros no presente. 

Por outro lado, outro fundo da ESAF, Espirito Santo Rendimento Fixo IX, um fundo da categoria protecção de capital, apresenta um decréscimo ligeiro (-0,7%) no seu património, tendo actualmente 52 milhões de euros. Este fundo, neste 'ranking', apresenta-se como o décimo mais rentável com 27,4%.

Desde o início do ano que os fundos acções Portugal têm apresentado valorizações atractivas e têm marcado presença nas dez melhores rendibilidades semanais nos últimos doze meses. No último documento publicado, desta categoria de fundos constam o Espirito Santo Acções Portuga(30,4%)l , o Santander Acções Portugal (29,8%), o Banif Acções Portugal (28,3%) e o BPI Portugal (27,5%).

No que refere a montante sob gestão, o fundo do Santander é líder com 76,2 milhões de euros. Contudo, este fundo registou uma diminuição de património na ordem dos 2,43% nas últimas semanas. À semelhança destes, outros fundos de acções nacionais registaram perdas nos activos sob gestão o que indica uma ligeira rotação que se tem verificado nas carteiras dos clientes num sentido mais defensivo, retomando posições em fundos de obrigações e de protecção de capital. No caso do fundo gerido pela BPI Gestão de Activos houve uma redução de cerca de 4% no volume gerido. 

O fundo de acções focado no sector financeiro, Montepio Euro Financial Services regressa ao ranking semanal das dez melhores rendibilidades nos últimos doze meses depois de treze semanas de ausência, registando uma rendibilidade de 31,9%. Outra ausência por catorze semanas e que regressou agora com uma rendibilidade efectiva anual de 29,2% foi o Millennium Euro Financeiras. 

Por último, menção ao Caixagest Mix Emergentes, um fundo constituído como um fundo estruturado com protecção de capital e que tradicionalmente lidera rendibilidades. Este fundo tem despertado o interesse dos investidores e isso justifica o aumento gradual (na ordem de 1% entre Janeiro e Maio) do seu património.

 

Empresas

Notícias relacionadas