Fundos nacionais perdem 150 milhões de euros em novembro


Novembro foi penalizador para os ativos sob gestão de fundos nacionais, mas algum céu azul surge entre as nuvens cinzentas que têm caraterizado as rentabilidades do ano de 2018. Contudo, essas "abertas" surgem não da performance dos fundos, mas sim do lançamento de duas novas estratégias no mercado português, em resposta a duas necessidades marcadas de alguns investidores: rendimento e sustentabilidade do investimento. Como já reportado pela Funds People, a Santander Asset Management lançou o Santander Rendimento, um fundo de fundos misto com distribuição de rendimento e o Santander Sustentável, um fundo que procura capitalizar na tendência do Investimento Socialmente Responsável (ISR). “Temos procurado simplificar e racionalizar a nossa oferta, procurando ao mesmo tempo diversificar, não só em termos de fundos, mas também de temas de investimento”, dizia em entrevista à Funds People, António Ribeiro Filipe, diretor comercial e de produto da SAM. No mesmo mês, contudo, deu-se a a fusão por incorporação do fundo de investimento alternativo em valores mobiliários BPI Brasil Valor, gerido pela BPI Gestão de Ativos, no fundo de investimento mobiliário flexível BPI Brasil.

Captura_de_ecra__2018-12-19__a_s_16

Regressando aos montantes, e às más notícias do mês, os fundos nacionais perderam 157,9 milhões de euros em novembro, o que representa uma quebra de 1,36% face ao final de outubro. As maiores quebras, ao nível da alocação de ativos do agregado das carteiras, aconteceram no investimento direto em obrigações e dívida pública estrangeiras, enquanto as ações e UPs de fundos estrangeiros beneficiaram das preferências.

Captura_de_ecra__2018-12-19__a_s_16

No campo das ações, verificamos no mês uma quebra no peso das ações nacionais, mais exacerbada em títulos como a Sonae SGPS, Altri e Portucel, que têm perdido valor de mercado ao longo dos últimos meses. Nas ações internacionais, vários foram os títulos que ganharam peso no mês de novembro, muito embora a primeira metade do mês de dezembro se tenha revelado penalizadora para muitos.

Captura_de_ecra__2018-12-19__a_s_16

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

Próximos eventos