Fundos mobiliários nacionais voltam a respirar em setembro


Os mais recentes dados revelados pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários apontam para uma subida no valor sob gestão dos organismos de investimento coletivo em valores mobiliários (OICVM) nacionais durante o mês de setembro. Assim, o montante fixou-se nos 11.021,1 milhões de euros, mais 868 mil euros em comparação com o mês de agosto. Os organismos de investimento alternativo, por outro lado, voltam a ver o montante sob gestão a decrescer, desta feita com uma queda de 1,8% para os 808,7 milhões de euros.

Captura_de_ecra__2018-10-12__a_s_11

Fonte: CMVM

Dívida pública estrangeira com crescimento de 23,5%

Quanto ao montante aplicado nos diferentes segmentos, do lado das ações de emitentes nacionais verificou-se um decréscimo de 2,6% em relação ao mês anterior; já do lado dos de emitentes estrangeiros o valor aplicado subiu 1,8%. Quanto ao segmento de dívida pública, o montante aplicado em dívida pública nacional desceu 16,2% enquanto que em dívida pública estrangeira subiu 23,5%. Do lado do montante aplicado em obrigações verificou-se, precisamente, o contrário, com o valor a subir 1,2% nas de emitentes nacionais e a recuar 0,6% nas de estrangeiros.

Captura_de_ecra__2018-10-12__a_s_11

Fonte: CMVM

Notícias relacionadas

Anterior 1 2 Siguiente

O Mais Lido