Fundos mistos apresentam rendibilidade média de 4%


Os fundos mistos, que se subdividem predominantemente em acções e predominantemente em obrigações, apresentam, no final da última semana do mês de Março, uma rendibilidade média anualizada idêntica, na ordem de 4%.

De acordo com as medidas de rendibilidade semanais mais recentes, divulgadas pela APFIPP, há uma ligeira vantagem para os fundos a categoria com maior exposição a obrigações, embora, no conjunto das duas, seja um fundo de acções o que acumula melhor retorno a 12 meses.

Os fundos mistos predominantemente obrigações apresentavam, a 28 de Março, uma rendibilidade anualizada média a um ano de 4,18%; esta categoria é composta por quatro fundos (embora no caso de um não haja ainda dados de retorno a 12 meses), sendo aquele que apresenta melhor desempenho no referido período o Caixagest Estratégia Equilibrada, gerido pela Caixagest, com 5,21%.

Na categoria de fundos mistos predominantemente acções, constituída por quatro fundos, a rendibilidade anualizada média a um ano, no final do mês passado, situava-se em 3,99%; o melhor desempenho pertencia ao Montepio Global, gerido pela Montepio Gestão de Activos, com um retorno a 12 meses de 6,07%, de acordo com as medidas de rendibilidade mais recentes, divulgada pela APFIPP.

Os fundos mistos são fundos de investimento imobiliário que investem em acções, mas numa percentagem média da carteira inferior a 2/3, subdividindo-se em predominantemente obrigações (cuja componente accionista é, em média, inferior a 1/3 da carteira) e predominantemente acções (cuja componente accionista é, em média, superior a 1/3 da carteira e inferior a 2/3 da mesma).

Empresas

Notícias relacionadas