Tags: Alternativos |

Fundos imobiliários abertos crescem em maio


Dados divulgados pela CMVM mostram que em maio de 2020, o valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário nacionais (FII, fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI)) atingiu 10.442,7 milhões de euros, menos 26,8 milhões (0,26%) do que em abril. 

(clique na imagem para ampliar)

FI

No entanto, foram os fundos fechados que mais contribuíram para essa variação - verificaram uma contração em todas as rubricas - enquanto os fundos abertos, que somam um total de 4.052,8 milhões de euros, viram o seu valor sob gestão crescer 3,84% no mês (cerca de 150 milhões de euros), impulsionados pelo crescimento de 5,2% dos FII. 

(clique na imagem para ampliar)

FI_2

Em termos de quotas de mercado e olhando para o top 5 do mercado, o mês foi positivo apenas para a Square AM viu a sua fatia do mercado nacional crescer. As restantes entidades do top 5 viram a sua quota de mercado contrair ou inalterada no mês. 

Sobre a classe de ativos e na mais recente revista da FundsPeople em Portugal, Pedro Coelho, o CEO da Square AM comentava que  na atual conjuntura "o imobiliário tenderá a demonstrar todas as virtudes pelas quais num cenário de baixas taxas de juro se tem vindo a tornar numa classe de ativos cada vez mais importante e com maior peso na carteira das sociedades gestoras globais", sendo que considera que "mais uma vez o imobiliário irá surgir como uma classe de investimento refúgio para toda a espécie de investidores".

 

Profissionais
Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido