Tags: Negócio |

Fundos harmonizados europeus têm saldo positivo de 91 mil milhões no primeiro trimestre


O montante de subscrições líquidas de fundos de investimento harmonizados (UCITS) ascendeu a 91 mil milhões de euros, no primeiro trimestre deste ano,  o que compara com um saldo negativo de 50 mil milhões nos três meses anteriores, segundo as estatísticas trimestrais da Efama.
A associação europeia explica esta inversão de tendência com ”um aumento da confiança dos investidores, após o lançamento de operações de liquidez de longo prazo pelo Banco Central Europeu (BCE), que ajudaram a aliviar a tensão nos mercados”.
Os UCITS  de longo prazo – excluindo os fundos de tesouraria – tiveram entradas líquidas de 70 mil milhões de euros, o que mais que compensou o montante de saídas de 61 mil milhões registadas no trimestre anterior.
Todas as categorias de fundos registaram entradas líquidas no primeiro trimestre,  sobretudo as obrigações, que ascenderam a 49 mil milhões de euros.  Contudo, o saldo positivo de apenas nove milhões nos fundos de acções evidencia alguma cautela dos investidores. 
A acrescentar a este facto, também o aumento da procura por fundos de tesouraria – com subscrições líquidas positivas pelo segundo trimestre consecutivo -, “reflecte a continuação de incertezas face às perspectivas económicas e à estabilidade financeira”, refere a Efama.

O Mais Lido