Tags: Negócio |

Fundos de sectores defensivos apresentam menor volatilidade a três anos na categoria de acções


Em 75 fundos de investimento portugueses de acções analisados pela Morningstar, o 'top ten' de menor desvio padrão contém cinco fundos de acções de sectores defensivos, como energia, 'utilities' e telecomunicações. Estes sectores têm resistido melhor à crise dos mercados que empresas do sector financeiro, consumo ou industrial. São o Caixagest Energias Renováveis (desvio padrão de 4,43%), o MCO2 Luso Carbon (8,09%), o Millennium Global Utilities (10,32%), o Montepio Euro Telcos (11,48%) e o Montepio Euro Healthcare (11,82%).

A completar os dez fundos com menor desvio padrão e, por conseguinte, menor risco na categoria acções e volatilidade estão fundos de categorias de acções de grandes empresas americanas, europeias e global tanto estilo crescimento como misto. Esses fundos são o E.S. Momentum (11,06%), o Santander E.F. Acções Defensivo (11,95%), o Santander Acções América (12,30%), o Caixagest Acções EUA (12,86%) e o Millennium Acções América (12,89%).

A análise do desvio padrão é, habitualmente, utilizada como medida de classificação de risco dos fundos de investimento, relacionando-se o menor desvio padrão com menor volatilidade do produto. Valores entre os 0-1,5% pertencem a uma escalão de risco baixo (classe de risco 1), entre os 1,5-5% a um risco médio baixo (classe de risco 2), 5-10% a um risco médio (classe de risco 3), 10-15% a um risco médio alto (classe de risco 4), 15 a 20% risco alto (classe de risco 5) e superior ou igual a 20% risco elevado (classe de risco 6).

CA Raíz Poupança Acções é o fundo de acções nacionais com menor volatilidade

Analisando o desvio padrão a três anos, segundo dados da Morningstar, nos fundos de acções nacionais verifica-se que é o fundo gerido pela Crédito Agrícola Gest, o CA Poupança Acções, que apresenta menor desvio padrão, 15,86%. Neste sentido, este fundo é aquele que tem menor risco e volatilidade dentro da categoria acções Portugal. Em seguida, está o BBVA PPA Índice PSI 20 com um desvio padrão de 17,09%, segundo a Morningstar. Na posição oposta, o fundo que apresenta maior volatilidade é o Barclays Premier Acções Portugal com um desvio padrão de 20,58%.

Empresas

O Mais Lido