Tags: Pensões |

Fundos de pensões portugueses com rendibilidade positiva em Abril


 

Os fundos de pensões portugueses tiveram um desempenho positivo em Abril num mês em que as carteiras Europa e Mundo também apresentaram retornos mais modestos.

Na nota informativa mensal, a Towers Watson refere que "é estimada uma rendibilidade para os fundos de pensões nacionais de 2,8%, sendo de destacar o forte desempenho do sector imobiliário (5,7%)", sendo que as obrigações UEM tiveram um desempenho de 1,9% e as acções globais de 1,6%.

carteira Europa "apresentou uma rendibilidade de 1,8%, em tudo muito semelhante" à de Portugal, com a componente de imbiliário a ter um retorno de 5,7%, enquanto as de acções e de de obrigações Europa com um retorno de 0,8% e 1,4%, respectivamente, de acordo com a referida nota informativa.

carteira mundo teve em Abril uma rendibilidade estimada de 0,1%, acusando "o fraco desempenho das acções globais [0,0%], comparativamente com as da Zona Euro, e a queda abrupta dos preços das matérias-primas (-7,2%)”, tendo o sector imobiliário tido um retorno de 3,6%.

Relativamente ao primeiro trimestre de 2013, “ rendibilidade realizada dos fundos de pensões nacionais foi de 1,7%”, de acordo com o mesmo comunicado.

A Towers Watson sublinha que, para o corrente ano, "a estratégia reflectida na carteira Portugal, apresenta a melhor rendibilidade estimada, quando comparada com as duas restantes carteiras" e que o risco, medido pelo desvio padrão. “é semelhante entre carteiras”.

Notícias relacionadas