Tags: Emergentes | Latam |

Fundos de pensões brasileiros devem terminar o ano com 640 mil milhões de reais


A ABRAPP divulgou, na semana passada, a projecção de crescimento para a carteira consolidada de fundos de pensões no Brasil, apontando para um aumento de 11,55% em relação a 2011, somando um total de 640 mil milhões de reais.

A carteira consolidade do sector de fundos de pensões alcançou 596,493 mil milhões de reais em Junho, com um crescimento de 3,96% face ao fim do ano passado, segundo dados do consolidado estatístico da ABRAPP. Em termos de alocação, em Junho, a parcela maioritária estava investida em obrigações (62,4%), estando apenas 28,3% dos activos alocados em acções. Ainda se verifica o investimento no sector imobiliário (3,7%) e estruturados (2,6%).

 A ABRAPP divulgou, também, previsões de rendibilidade das carteiras, sendo que para as carteiras de obrigações, o sector do fundo de pensões prêve uma valorização média de 12,01% e está mais positivo nas acções, classe para a qual prevê uma subida de 28,04%, referia o diário paulista - Estadão.

Notícias relacionadas