Fundos de pensões abertos: melhores rendibilidades nos últimos cinco anos, segundo a APFIPP


Como já vem sendo habitual, a APFIPP divulgou recentemente a sua análise relativa às melhores rendibilidades dos PPR e dos fundos de pensões abertos. Olhando primeiramente para um prazo mais longo, hoje focamo-nos no ranking elaborado pela Associação no que refere às cinco melhores rendibilidades dos fundos de pensões abertos nos últimos cinco anos.

Com dados de 30 de novembro, a Associação considera no topo das rendibilidades o fundo Aberto Protecção 2020, gerido pela BBVA Fundos, que nos últimos cinco anos entrega 3.6% de retorno anualizado. O fundo, que tal como o seu próprio nome indica apresenta uma data de vencimento definida em 2020, apresenta, segundo a ficha de produto, uma obrigação do tesouro espanhol com data de vencimento a 30 de julho de 2020 na primeira posição da carteira. As informações referentes ao produto mostram ainda que a dívida pública é o ativo com maior preponderância em carteira, compondo quase 60% da carteira.

Com 3.1% de rentabilidade anualizada no período segue o Optimize Capital Pensões Acções, cuja entidade gestora é a Real Vida Seguros, e o consultor de investimento a Optimize Investment Partners. O fundo apresenta, segundo a sua ficha de produto, uma exposição limite mínima de 25% e máxima de 55% a ações.

Seguem-se na lista, como visível na tabela abaixo, o premiado Horizonte Acções, gerido pela Ocidental Pensões, e o Optimize Capital Pensões Equilibrado, gerido pela Real Vida Seguros, ambos com 2.6% de retorno nos últimos cinco anos. Por fim, espaço também para o Turismo Pensões, a cargo da Ocidental Pensões, que entrega no período 2.3% retorno anualizado.

Captura_de_ecra__2018-12-18__a_s_11

Empresas

Notícias relacionadas

O Mais Lido